domingo, 1 de fevereiro de 2009

DOENDO, DOENDO, DOENDO...


Dei 36 horas seguidas de plantão no último fim de semana para não precisar faltar ao curso neste domingo. Entretanto uma cólica dos infernos me fez voltar pra casa antes do final da aula. Tudo bem, 14 horas de aula já estavam mais do que suficiente...

Ainda não consegui terminar a apostila de Neuro (faltou pouco, mas às custas do abandono total dos assuntos do internato) e já chegou a 1ª metade da de Cardiologia, com suas 130 páginas de pura teoria, sem falar nas outras só de questões. Estou quase infartando, sem direito a acordar tarde em nenhum dia da semana, dentro de um hospital 7 dias seguidos, tendo que estudar para a Residência, para o rodízio no IMIP (lugar de gente doida) e ainda tendo que viver (se sobrar tempo...). Eu só queria dinheiro para tomar Coca-cola até explodir, e nem mesmo isso me é concedido!

Por isso que não adianta querer escrever no Veleiro: NÃO HÁ TEMPO. Além de tudo estou me sentindo abandonada e terrivelmente mal amada pelo Capitão, aquele homem pouco romântico com quem resolvi me casar. 12 anos e eu sentindo falta da mesma coisa. 12 anos e eu sem me acostumar com esse jeito que ele tem de gostar de mim, esse jeito que não inclui beijinho ao dormir nem ao levantar, não inclui telefonemas durante o dia para perguntar "Como vai, amor?", não inclui palavras bonitas num momento de estresse... Esse jeito "Capitão" de amar você e ficar grudado no computador, amar você e não atender o telefone, amar você e virar pro lado e dormir. Sei o que eu faço mais não...

Como reclamei dele nesse post, é bem capaz de ele resolver lê-lo (porque o Capitão adivinha e só lê os posts que podem deixá-lo chateado); melhor já adverti-lo de que muitos dos meus atuais sentimentos são fruto de um cansaço sem tamanho e de um desajuste mensal de hormônios, que produz uma cólica dos infernos e gera total falta de paciência. Ou seja: Capitão, não tem jeito, amo você e agora é pra sempre.

Tchau e até um dia que dê pra folgar de novo...

2 comentários:

Monica disse...

Meu Deus... quer dizer que depois que casa as coisas não melhoram????? Aff... rsssss

Bjãoooo

Renatinha disse...

Meu Deus ... amiga médica tem um pouco de amiga louca kkkkkkkk. O capitão te ama viu, e esse jeito dele n vai mudar nunca, ou n seria o Capitão kkkkk.
Saudades !! Xeiros.