quinta-feira, 5 de julho de 2007

DÁ LICENÇA QUE EU VOU ENCARNAR A VÍTIMA!


Eu não sou essa pessoa sensata do post passado durante as 24 horas do dia. De vez em quando preciso chutar o pau da barraca e gritar: "PQP, já não está bom, não? Precisa piorar ainda mais???"

Faltam 21 dias para o meu casamento. Daqui a 3 semanas estarei entrando na igreja com meu vestido branco. Casamento complicadinho esse, que demorou 10 anos para acontecer, passou 8 meses no perrengue e ainda hoje não pára de me dar preocupações!

Eu sou uma noiva que não está tendo o direito de curtir um dos momentos mais esperados da sua vida! E estou aqui nesse post para gritar que isso é uma injustiça!!! Porque eu faço parte da lista de mulheres que sonharam a vida inteira com esse momento, e agora que ele chegou está tudo errado!

Não era para papai estar gravemente doente numa cama de hospital, entre a vida e a morte! Era para ele estar firme e serelepe, ajudando Amilson a resolver as coisas da casa (porque ele certamente iria querer cuidar de tudo...), pronto para me levar ao altar vestido com seu terno verde de general do Exército! Porque quando ele comprou esse terno disse que era pra usar na formatura de Mellina e no meu casamento!!! Dá para entender? Era pra ele estar bem de saúde, para tirar muitas fotos comigo na cerimônia, para beber o uísque dele na recepção! Eu vou me casar e não vou ter meu pai lá comigo! Ele não vai nem saber que eu estou me casando, porque sua mente está bastante alterada! Vou me casar e não vai ter um sorriso no rosto da minha mãe, porque ela vai estar sozinha no altar, e vai se lembrar dele! E isso não é justo!

Não era para mamãe estar no hospital, vendo papai se acabar aos poucos e lutando para ser forte! Era para ela estar comigo, comprando as coisinhas que faltam para o meu enxoval, escolhendo seu vestido, me ensinando a fazer uma feira, cuidar da casa! Era para ela estar feliz, era para todo mundo estar feliz, porque meu Chá Bar vai ser no próximo domingo! Está tudo errado!

E, como se já não bastasse tudo o que está acontecendo, não era para o Ministério de Música dos Casais ter compromissos inadiáveis no dia do meu casamento, porque já estava tudo certo para eles tocarem, e agora à essa altura do campeonato eu não tenho mais ninguém para chamar! E como se já não bastassem todas as dificuldades que eu tenho, no meu casamento não terá música, eu que estudei no Conservatório, que toquei em dezenas de casamentos por míseros 50 reais, que sempre achei um absurdo o descaso dos noivos com relação ao repertório da cerimônia, justamente no meu casamento não haverá música!!!

Isso tudo está tão errado, é tão triste, é uma injustiça tão grande não permitir que uma noiva possa se alegrar no dia que deveria ser um dos mais felizes da sua vida, é tanta falta de sensibilidade fazer com que ela não tenha o braço do pai para se apoiar na hora em que estiver entrando na igreja e as pernas tremerem ao ver tanta gente e seu amor esperando no altar, isso tudo é tão estupidamente injusto e errado que eu estou cansada, triste e sem vontade!

E as palavras do post anterior podem ter sido muito inspiradas, bonitas e corajosas, mas hoje, quer saber? Hoje a vítima sou eu!

4 comentários:

Monica disse...

Marcella, não acredito!!!!!
Vamos dar um jeito nisso!

Não sei como... mas não dá para não ter música no teu casamento...

Vamos dar um jeito...

Temos que dar um jeito...

Renatinha disse...

Puxa .. essa agora me deixou triste.. temos q resolver isso urgente.
Bjus :D

Paulinha disse...

TÔ EMBASBACADA!!!
SEM COMENTÁRIOS...SACANAGEM POW

mar disse...

putz sem palavras tb, mas vamos dar um jeito sim!