quarta-feira, 12 de novembro de 2008

SEPARA QUE É BRIGA!


Existem muitas coisas boas em se estar terminando o curso, mas existe também uma terrível: agüentar os xiliques da Comissão de Formatura. Se por um lado parece que eles nunca fazem nada certo, por outro é difícil acreditar que estão fazendo tudo errado. Afinal de contas, desde que se instituíram festas de formatura cheias de pra-quê-isso (deixando de lado o tradicional Colação-Missa-Baile) as Comissões se descabelam e brigam com a turma toda, mas nunca ninguém deixou de se formar por causa dessas coisas...

Na minha turma (adepta das confusões desde o 1º período, recheada de quase-doutorezinhos com um ego do tamanho de um trem) as assembléias cujo assunto era algo relacionado à formatura SEMPRE terminaram em mortos e feridos. Fulano de Tal, filho de doutor Beltrano, morador de Casa Forte, queria uma formatura digna de um médico; isso custaria $$$$$$$ reais. Marcella, filha de um enfermeiro e de uma dona-de-casa, moradora do Chico City, perguntava para si mesma por que não cortar alguns eventos desnecessários e fazer a formatura custar $$$ reais. Ora, que absurdo! Bem se vê que você não entendeu ainda a HONRA, o ORGULHO, a GRAÇA QUASE DIVINA de ser médico! Que absurdo!

Agora a 115 se envolve em mais uma discussão besta (porém bastante fértil para comentários aqui no Veleiro), típica de gente que não tem uma casa para tomar conta. Uma discussão em que vence quem mente mais. Vence quem consegue convencer o público de que tomou as decisões não em benefício próprio - afinal de contas, estamos aqui para representar A VONTADE DA TURMA - mas pensando exclusivamente na felicidade da maioria. Expulsam um membro da Comissão porque ele não cumpre os seus deveres (até aí, tudo certo); entretanto, relevam os erros de outros membros que são tão irresponsáveis quanto o primeiro, mas que são também bem mais populares que ele. Até onde essa expulsão foi causada pela irresponsabilidade da pessoa? Por que no Brasil, em Recife, na 115 virou moda praticar a máxima "Aos amigos, tudo; aos inimigos, a lei"?

A turma se revoltou, marcou-se uma assembléia para a próxima segunda, às 19h, num prédio no Espinheiro. Eu ia (de ônibus), porque gosto de ver o mar pegando fogo para depois comer peixe frito. Mas a Comissão mandou um e-mail que mais parecia Carta Aberta de candidato cassado, repleto de "Lamentamos o modo como as histórias têm sido contadas", "nós os representamos e vocês não podem ficar alheios aos fatos", "Gostaríamos de tranqüilizar a turma, a quem representamos e devemos satisfação"... Comecei a me sentir num guia eleitoral, e eu O-D-E-I-O política. Então pensei: por que cargas-d'água eu vou me danar a pegar 2 ônibus, à noite, para ouvir lamentações mútuas de pessoas cuja conta de celular (paga por papai...) é mais alta do que o aluguel do "prédio" onde eu moro? Eu não gosto de mais da metade daquele povo, algumas pessoas de quem eu gostava me decepcionaram enormemente e quem sobrou não está nem aí para essa besteira. Não acredito numa só palavra da Comissão, acho sim que eles decidem exatamente (e somente) o que fica melhor para eles (conheço aquelas peças), mas querendo ou não são eles que estão na linha de frente, batendo perna para correr atrás dos detalhes da formatura, porque eu mesma não tenho essa vocação. Então, se eu não posso fazer melhor, também não vou lá me estressar, senão terei que acabar concordando com aquele povo, e isso eu não quero fazer nem por decreto!

Vocês, que lêem o Veleiro e que irão à festa, aproveitar só o bom dela (como eu), fiquem aí dando risadas da falta do que fazer de algumas pessoas deste mundo...

P.S.: Capitão, se você ler esse post (em vez de ficar procurando chifre em cabeça de cavalo nos posts anteriores), saiba que eu AMO SÓ VOCÊ e NINGUÉM MAIS!!!! =)


Um comentário:

Carol disse...

Oi marcella, sempre leio seu Blog e adoro a maneira como voce se manifesta sempre tao inteligente. Faz muito tempo que nao te vejo e muita gente que convive,estou morando nos EUA, faz um ano, e estou voltando ao Brail em breve. Espero que pocas alcancar todos os seus sonhos, como este de se tornar medica que esta mas perto do que nunca. Felicidades mil a voce a Amilson