terça-feira, 1 de março de 2011

UMA VIDA DE CABEÇA PRA BAIXO...

Entrei com um processo contra a minha seguradora porque até agora, decorridos mais de 3 meses do acidente, não vi a cor do dinheiro da indenização. A audiência foi marcada para 7 de novembro. Isso mesmo, daqui a 8 meses. Ou seja, se não houver nenhuma tentativa de acordo por parte deles até lá, é provável que meu acidente complete 1 ano e eu não seja indenizada.

Este mês depositaram menos da metade do meu salário em um dos dois empregos. Menos da metade. Disseram que foi um erro do setor de Recursos Humanos, que computou 18 faltas não existentes na minha folha de ponto, mas que infelizmente só poderá ser resolvido no pagamento do próximo mês. Ou seja, eu vou ter que me virar para pagar minhas contas em março. Não sei absolutamente o que fazer. Esse pessoal acha que com um pedido de desculpas tudo se resolve? E é assim???

Resolvi então sair desse emprego, mesmo sabendo que a minha renda vai diminuir. Tenho uma supervisão péssima, completa falta de infra-estrutura e pra completar ainda é loooooonge demais da minha casa. Terei que aumentar meus plantões no outro hospital e voltar a trabalhar no final de semana, mas ficarei pelo menos 5 dias em casa, com Lulu, cuidando da minha vida. Já está decidido, já comecei a comunicar às pessoas, amanhã inicio o processo legal. Fico apenas receosa sobre o dinheiro que me devem, já estou perdendo dinheiro demais nesses últimos meses. Mas minha vida precisava seguir em frente e eu fiz isso.

Faltam 2 dias para o aniversário de Lulu e 10 para a festinha, e eu - como sempre - ainda não fiz os convites. Tô cansada (como sempre). E ainda resolvi entrar na academia. Nem sei como...

Recebi selinho da minha amiga Jackie e vou colocá-lo no meu próximo post. Obrigada, Jackie! Fiquei super feliz com a lembrança!

Ainda tô gripada...

Um comentário:

Eu sou Lydhia! disse...

Querida, que Santo Antõnio abra seus caminhos.
Tenha Fé; tudo vai dar certo.
bj