segunda-feira, 30 de abril de 2007

"NINGUÉM PODIA DEITAR NA REDE, PORQUE NA CASA NÃO TINHA PAREDE..."


Não sou muito simpatizante das segundas-feiras, mas essa foi uma das melhores! Papai finalmente teve alta daquele hospital e já está em casa. Depois de 20 dias internado, é óbvio que ele está ainda debilitado, bem mais magro, muito cansado, mas creio que daqui pra frente a evolução será melhor. A própria cama e o carinho da família - até mesmo os latidos de Téo - serão seus melhores remédios!

Agora posso voltar ao desafio de preparar esse bendito casamento, num tempo cada vez mais recorde. Nossa casa, por enquanto, está igual à de Vinícius - "não tinha teto, não tinha nada..." - mas, em compensação, se projeto fosse dinheiro eu e o Capitão seríamos milionários! Ô menino pra sonhar, meu Deus!...

Iremos ao cartório nesta quarta-feira, dar entrada nos documentos. E iremos também ver os detalhes com o fotógrafo (que eu nem sei o nome ainda...)! Neste mês ainda vou entregar os documentos na Igreja (pra ouvir antes da missa "Com o favor de Deus e da Santa Madre Igreja querem se casar: Amilson Batista Simões e Marcella Nathaly de Lima Albuquerque..." :D), comprar o tecido pro meu vestido, comprar a roupinha da minha daminha linda, mandar fazer os convites e fechar a lista de presentes! AI!!!!

Meu chá bar foi adiado para junho ou julho (provavelmente este último), porque agora eu tenho zilhões de coisas da faculdade pra fazer (afinal, ainda estudo, faço prova, essas coisas...) e vou estar menos ocupada perto do casamento (que contradição!...).

Aliás, é bom eu tomar tento nessa coisa de estudar, porque vontade não está dando não... Mas obrigação é obrigação!

Ai, como estou mais leve!...

De volta ao Veleiro!... :)

4 comentários:

Monica disse...

Que notícia maravilhoooooosa!
Ameiii!

Ao casório agora, né????

Bjossss

Renatinha disse...

Mt feliz por Sr. Mário .. comprar tecido para o vestido .. como assim .. agora ñ entendi mais nada .. Bju :D

Maria Carolina disse...

Ainda bem q papai tá em casa...
E ainda bem q o casamento vem aí...
E ainda bem q eu fui convidada e ainda terei tarefas importantes...
Mas tb num tenho a mínima coragem de estudar... mas isso num importa... vc vai casar...
Beijos

Luciana Amâncio disse...

...ninguém podia deitar na rede, após às 23 horas, porque morava no térreo!!! Eu, sinceramente, tenho saudades de um vão de escadas...! Isto (as escadas) protegeria a minha varanda da bisbilhotagem imediata da rua, da possibilidade de sustos noturnos... ah! de tanta coisa! E olhe que eu tenho uma Rede linda, gravada com meu nome... Presente de meus ex-alunos (professores...) que sabem que eu leio um livro e vou pra rede "ruminá-lo"...! Mas... minha afilhada vai morar numa casa! Planeje bem o espaço da rede!!! Uma rede (ou duas?) pode ser tão importante para o sucesso e tranqüilidade de um Casamento quanto a cama... ops!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

(...)