sexta-feira, 16 de março de 2007

CABEÇA FUNCIONANDO...


Às vezes eu acho que sou fã de Sandy e Junior... Nem todas as músicas que eu gosto (e que já postei por aqui) têm a ver com meu momento atual (algumas já tiveram, mas já tiveram é passado, não é verdade?). Mas essa... Pelo amor de Deus... Se eu tivesse a metade da voz dessa menina, pense numa cerimônia de casamento arretada! kkkkkkk

São teus olhos,
A luz de mil estrelas são teus olhos
Você que acendeu a minha vida
Não deixe nunca o brilho se apagar.

Meu amor
Se eu pudesse traduzir, meu coração
Todas as poesias feitas da paixão
Não seriam o bastante pra dizer.

Meu amor
No silêncio dos teus braços eu já sei
Que no teu abraço eu já encontrei
O lugar perfeito pro amor viver.

Meu amor
Que transforma o mundo inteiro em um jardim
Que me faz acreditar que é pra mim
Que a lua se derrama pelo mar.

Meu amor
Eu sabia antes de te conhecer
Que os meus sonhos me guardavam pra você
Esperando a hora de te encontrar.

São teus olhos
A luz de mil estrelas são teus olhos...

Teus olhos...

É preciso colocar dedicatória? Espero que não...

Ai, ai...

Queria comentar apenas que Sandy tem 1,58m - igual a mim - mas pesa 40,5kg - quase 20 a menos que eu. Ou seja, Marcella = Sandy + um Téo inteirinho! kkkkkkkkk

Bom, hoje é sexta, daqui a pouco tem aquele plantão dos infernos, mas eu estou feliz! Acho que não há mal nenhum em ficar feliz! Felicidade sem exigências, tão "gosto de você e você gosta de mim também", sem necessidade de atrapalhar o curso natural da história... Sabe a sensação de que tudo está resolvido e o que sobrou é bom?

Parece que tudo na vida tem que ter explicação. Hoje eu sei que certas coisas não precisam. O tempo acabou, morreu, enterraram-se as opções: ok, está tudo no seu lugar agora? Então já se pode ser aquilo que se é de verdade, porque já não é preciso justificar e nem escolher mais nada. O que sobra é só o que já existia, mas estava tão sufocado pela obrigação de ter que se explicar que nem era tão sincero e grande como hoje. Hoje, priu, apenas existe e não precisa mais do aval de ninguém, nem de nós mesmos. Sobreviveu.

Eu acho que realmente tenho um coração maior que o mundo...

Que nossos olhares não se percam, nem mesmo em estradas empoeiradas...
Que se procurem até mesmo sobre vidraças embaçadas...
Até mesmo no telhado distraído, contando estrelas...
Que não se percam nos primeiros muros de heras.
Que não se desviem das feras.
Tomara que juntos, sigam o vôo do beija-flor...
Que se encontrem no jardim ilusionista.
Aí então, cerre os olhos dessa menina dos teus olhos.
Deixe que ela voe pra dentro dos meus.
Porque a menina dos meus, carrega nas mãos uma tulipa...
Meus dedos obedecem o comando do cérebro das minhas mãos.
As minhas mãos obedecem o comando do cérebro do meu coração.
Seria a razão... unindo letrinha com letrinha?
Enter, próxima linha...
Que teclado absurdo... daria pra deletar o enter?
Entrelaçando meus dedos, o cérebro da mão se entrelaça.
Mas e o do coração? Deletaria o fim.
Um pedaço do meu coração desesperado, pulsa na tua mão.

2 comentários:

Monica disse...

kkkkkk
Adorei o comentário da Sandy e do Téo! rsss
Que bom que está feliz \o/\o/\o/
Vamos comemorar então!
rssss

Bjsssss

mar disse...

quero ver vc cantando no seu casamento :)