segunda-feira, 26 de março de 2007

SE DINHEIRO DESSE EM ÁRVORES...


Alguém me explica como se pode cobrar 700 reais por prato, copo e talher? Aliás, é o seguinte: quem quiser ficar rico que abra um büffet e vá trabalhar com casamentos. É negócio da China! A maioria das noivas está tão empolgada que alugaria até a mãe pra pagar os gastos com a festa. E o resto das noivas (a facção lisa, como eu) acaba tendo que fazer milagre pra que sua recepção não fique com cara de aniversário de boneca...

Talvez eu estivesse iludida, mas achei que seria mais fácil. Pelo menos essa parte da festa. Considerando que nunca foi minha intenção encher a barriga de ninguém, mas apenas comemorar com amigos e conhecidos a nossa união depois de 10 anos, pensei que não teria tantos problemas. Ledo engano, porque os valores deste mundo estão de cabeça pra baixo! Como é que um médico residente é obrigado a trabalhar 12 horas por dia, 6 dias na semana, e ainda dar plantão à noite, dormindo numa cama de hospital pra ganhar míseros 2 mil reais, e uma pessoa quer me cobrar quase isso pra fritar salgadinho e arrumar os padrinhos em fila indiana numa festa que dura menos de 5 horas??? Eu acho um absurdo!

É porque não gosto de festa mesmo. E não consigo me convencer com essa história de que é uma noite especial, um momento único e blá-blá-blá. É uma festa, caramba! Acaba num piscar de olhos! Não podia ser tão caro! Nada justifica. O povo vai sair falando mal do mesmo jeito...

E aí eu volto ao primeiro parágrafo: as noivas lisas ficam sem alternativa. Aluguei um salão de festas porque queria fotos com bolo, salgadinho, champanhe, porque essa é a parte legal pros convidados. Já cortei doce, filmagem, música, já cortei tudo o que podia, mas não posso cortar a comida, porque aí já é demais! Tá certo que eu resolvi casar em cima da hora, que sou apenas uma estudante de medicina lisa e que tudo já está saindo diferente do que eu planejei. Mas cortar a comida e a coca-cola, por favor, aí já é demais...

E sobre a foto de hoje: esse povo de büffet tem certeza de que a gente usa dinheiro pra limpar a bunda... Só pode ser... :P

5 comentários:

Monica disse...

Vixeee, já estou pensando que quando minha filha nascer vou abrir uma poupança pra ela e começar a economizar pro casório dela!
rssssssss
Ai meus sais!!!!!
rssssss
Cheirosssss

Paulinha disse...

Hahahahaha
É uma boa...
Larga a medicina e vamos montar um buffet???
Hahahahahahahah
Mas relaxa menina!!! É assim mesmo!!! Não tem como se livrar desses "incovenientes"!!!

Beijosssssssssss

Renatinha disse...

KKKKKKKKKKKKKKK ..
Adorei o porta-papel da foto .. tão fofinho ....
Bolo de noiva e coca-cola .. precisa mais alguma coisa ?? Vai ser ótimo !! Bju :D

Luciana Amâncio disse...

Eeeeeeiiiiêê...! Eu posso, caso você suspenda o álcool, levar o meu próprio recipiente de Sagatiba?!? rsrsrsrs
óa, só pra dizer... com o papel higiênico não é exatamente o bumbum que se limpaaaaa... hehehe

Cobra cover artístico pros padrinhos...! kkkkkkkkkkkkkk

...vende teu cachorro tarado!

...faz uma feijoada e um forró...

...num casa. Amanceba-se!!!

kkkkkkkkkkkkk

ó...parei!!!! ;)

Maria Carolina disse...

Pode cortar a comida...
Mas a coca-cola não, né? Faz favor...
Ai eu num guento...